i
Français | English | Español | Português

Portugal Economia

Cristina Siza Vieira é presidente executiva da Associação de Hotelaria de Portugal
feeds.dn.pt | 18-10-2018
Fundo confirma que Portugal deve abrandar para 1,8% em 2019, o que é compatível com o défice de 0,3% estimado pela missão em setembro. Economia volta a divergir na zona euro.
feeds.dn.pt | 09-10-2018
A ANA - Aeroportos de Portugal informou esta quarta-feira que o encerramento da pista secundária do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, permitirá vários investimentos para dar resposta, por exemplo, aos novos aviões da transportadora aérea TAP.
feeds.jn.pt | 26-09-2018
Nos últimos anos chegaram a Portugal milhares de jovens italianos. Trabalham em call centers e muitas vezes não gostam do que fazem, reconhecem os problemas da economia, queixam-se do nível de vida, mas dizem que em Itália é tudo pior. Acima de tudo, estão apaixonados por Lisboa, o novo país da dolce vita
feeds.dn.pt | 13-08-2018
Em Portugal, entre 2010 e 2018, tanto o crescimento como o investimento tiveram um comportamento muito mau.
www.publico.pt | 30-07-2018
O ministro da Economia diz que o compromisso com Espanha e França vai quebrar “o isolamento” energético de Portugal, mas é a eventual ligação a Marrocos que permitirá “alargar o mercado” português.
www.publico.pt | 27-07-2018
Fundo Europeu para investimentos Estratégicos lançado em 2015 esgotou plafond inicial passados três anos e meio. Portugal recebeu seis mil milhões, cerca de 1,7% desse investimento
www.publico.pt | 18-07-2018
Álvaro Garrido, professor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra assina As pescas em Portugal , um dos últimos ensaios da Fundação Francisco Manuel dos Santos. Hoje, “o parente pobre da cadeia de valor das pescas são os pescadores”, diz
www.publico.pt | 09-07-2018
Estar dentro de um bloco económico poderoso pode ser um refúgio para Portugal num cenário de guerra aberta no comércio internacional. Mas os efeitos negativos de uma travagem da economia mundial seriam inevitáveis.
www.publico.pt | 08-07-2018
Michael Burda, professor na Universidade de Humboldt de Berlim, teme o efeito de choque que uma subida dos juros na zona euro pode ter na economia, mas aconselha Portugal a manter o actual ritmo de redução da dívida.
www.publico.pt | 29-06-2018
Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, alerta para riscos de subida do petróleo, das taxas de juro e para os perigos de uma guerra comercial
feeds.dn.pt | 22-06-2018
Secretário de estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes e secretário para a Economia e Finanças da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) da República Popular da China, Leong Vai Tac, assinaram hoje o protocolo
www.publico.pt | 21-06-2018
A Altice vai vender o seu negócio de torres de telecomunicações em Portugal a um consórcio que inclui o fundo criado no ano passado pelo ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Sérgio Monteiro, e pelo ex-ministro da Economia, António Pires de Lima.
www.publico.pt | 20-06-2018
Source: Economia Online
eco.pt | 20-06-2018
O primeiro-ministro português está nos EUA para promover a economia do país.
www.publico.pt | 15-06-2018
Vice-presidente da Google considera que “Portugal é um dos países líderes da economia digital na Europa”.
www.publico.pt | 13-06-2018
Presidente do Mecanismo de Europeu de Estabilidade diz que é "inevitável" um abrandamento da economia.
www.publico.pt | 11-06-2018
Portugal ocupa o quarto lugar numa lista de 23 em matéria de satisfação governativa e foi mesmo um dos que registou uma maior subida nesse capítulo
www.publico.pt | 03-06-2018
O ex-ministro da Economia continua a defender que o crescimento da economia portuguesa deverá rondar os 2,2% este ano e no próximo, mas aponta os sectores que precisam de mudança: o ensino, o clima dos negócios e os impostos.
www.publico.pt | 30-05-2018
A reprogramação dos fundos comunitários do Portugal 2020 vai prever um reforço de 607 milhões de euros para investimentos nos territórios, incluindo em escolas e mobilidade, disse esta quarta-feira à Lusa fonte da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).
feeds.jn.pt | 23-05-2018
Os alertadores, diz Bruxelas, devem ser protegidos, e com as palavras vieram as acções, através de uma nova proposta legislativa que terá inevitavelmente impactos em Portugal.
www.publico.pt | 17-05-2018
Hotelaria, restaurantes e comércio dos grandes centros são os que mais lucram. Prova-rainha do desporto automóvel arranca esta quinta-feira. Porto volta às lides, com superespecial que promete chamar milhares de aficionados à Baixa
feeds.jn.pt | 16-05-2018
Portugal está perto de ter um Orçamento equilibrado, com a economia a crescer (pouco, mas a crescer) e com contas externas equilibradas. Também aqui se pode olhar para o copo meio cheio ou meio vazio. Mas mandar fora o que já se conseguiu seria um enorme erro.
www.publico.pt | 27-04-2018
Contestação dos autarcas ao redesenho dos fundos comunitários teve eco em algumas matérias. Mas o que suscitou mais críticas – investimentos nos metros de Lisboa, Porto e Mondego – vai manter-se.
www.publico.pt | 16-04-2018
Portugal deverá conseguir ficar acima dos 2,3% de crescimento previstos para este ano, puxado por aumentos nas exportações e no investimento, disse o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
feeds.jn.pt | 11-04-2018
O primeiro-ministro considerou que muitos cidadãos pertencentes a uma “geração altamente qualificada” saíram de Portugal numa altura em que o mercado de trabalho não os conseguia absorver.
www.publico.pt | 11-04-2018
Banco de Portugal avisa que sem mais produtividade, economia tenderá a abrandar, adiando processo de convergência com a zona euro.
www.publico.pt | 29-03-2018
Banco de Portugal diz que sem mais produtividade, os salários vão continuar contidos, a economia abrandará e a convergência com a zona euro ficará adiada. Mas a taxa de desemprego pode cair para os 7,3% este ano e chegar aos 5,6% até 2020.
www.publico.pt | 28-03-2018
O Banco de Portugal mantém-se ligeiramente mais otimista do que o Governo, esperando que a economia cresça 2,3% em 2018 e admitindo vir a rever em alta a previsão.
feeds.jn.pt | 28-03-2018
São estas, em suma, as propostas que fazemos para que Portugal não retroceda na construção de um quadro laboral mais amigo do emprego, da valorização profissional e do investimento.
www.publico.pt | 24-03-2018
O Portugal de hoje começou em 1993, o momento simbólico em que terminaram dois grandes ciclos de crescimento muito semelhantes.
www.publico.pt | 19-03-2018
Na Dinamarca e Alemanha, há edifícios inteiramente construídos com materiais reciclados. Em Portugal, ainda se faz "muito pouco". Arquitecta Aline Guerreiro tem um projecto de desconstrução de edifícios como alternativa à simples implosão. E quer começar pelo prédio Coutinho, em Viana do Castelo. Pelo ambiente e economia.
www.publico.pt | 13-03-2018
Ministro da Economia diz que Portugal não sentirá um impacto directo significativo com a revisão das taxas de importação do aço e alumínio para os EUA.
www.publico.pt | 12-03-2018
Autarcas pedem reunião a António Costa para debater realocação de verbas do Portugal 2020
www.publico.pt | 12-03-2018
Ministro das Finanças respondeu a perguntas e defendeu-se de críticas sobre a evolução da economia portuguesa após debate com os eurodeputados do comité dos assuntos económicos e financeiros. "Portugal vai manter um crescimento forte e robusto", garantiu.
www.publico.pt | 21-02-2018
Portugal voltou no quarto trimestre de 2017 a crescer mais do que a zona euro, depois de um interregno de dois trimestres. Será este o ritmo a seguir durante este ano?
www.publico.pt | 15-02-2018
António Costa Silva, presidente da Partex, diz que há no país uma política energética muito errática e um “clima de hostilidade” em relação às empresas. No caso do projecto de gás no Algarve, diz que se governou “em função do que dizem os autarcas e a opinião pública”. Com o fim dos investimentos que fez também em Peniche e no Alentejo, a empresa viu desaparecerem 25 milhões de dólares.
www.publico.pt | 14-02-2018
Bruxelas estima agora que a economia cresceu 2,7% em 2017 e que irá abrandar para 2,2% este ano. Em Outubro previa crescimentos de 2,6% e 2,1%, respectivamente.
www.publico.pt | 07-02-2018
A Comissão Europeia estima que a economia portuguesa cresça menos este ano do que em 2017, subindo 2,2% contra os 2,7% que antecipa para o ano passado, mantendo-se em linha com o previsto pelo Governo.
feeds.jn.pt | 07-02-2018
O ministro da Economia afirmou hoje que a Google "não negociou contrapartidas" para a instalação de um centro de serviços ('hub tecnológico') em Oeiras, mas que a "questão-chave" foi o talento, a formação e os bons engenheiros no país.
www.publico.pt | 26-01-2018
Não fora a tragédia dos incêndios e o balanço de 2017, em Portugal, seria positivo, fruto dos resultados nas finanças públicas, na economia e também na gestão política da aliança parlamentar.
www.publico.pt | 20-12-2017
Banco central revê previsões de crescimento em alta, com exportações e investimento como principais dinamizadores. No entanto, tendência será de abrandamento, à medida que a economia atinge o seu produto potencial
www.publico.pt | 15-12-2017
Turistas gastaram mais de 23 mil milhões de euros em Portugal em 2016. Mais de dez milhões visitaram o país em excursão
feeds.dn.pt | 08-12-2017
Reputação da praça financeira macaense posta em causa na Europa. Fiscalista Nuno Sampayo Ribeiro antecipa consequências para a economia da região e mesmo para Portugal.
www.publico.pt | 06-12-2017
No final da tarde desta próxima quinta-feira vai falar-se do que ainda pode ser feito para a descarbonização da economia em Portugal.
www.publico.pt | 29-11-2017
Portugal tem capacidade instalada suficiente na gestão de resíduos perigosos para responder às necessidades dos próximos anos "com tranquilidade", independentemente dos cenários de crescimento da economia
feeds.jn.pt | 26-11-2017
A coordenadora do Bloco de Esquerda afirmou, esta segunda-feira, que a economia portuguesa está a recuperar desde que se aumentaram salários e pensões, lembrando ao presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) que tal é bom também para as empresas.
feeds.jn.pt | 20-11-2017

Segundo o Banco Mundial, a economia portuguesa é a 36ª maior do mundo . Ao longo dos últimos 40 anos Portugal foi o país da OCDE com maior taxa de crescimento do PIB, com excepção da Irlanda. Tendo aderido à União Europeia em 1986, o país iniciou então um período de fortes reformas e de elevados investimentos em infra-estruturas que se reflectiram numa rápida aceleração do crescimento económico. Entre 1970 e 2003 o PIB 'per capita' medido em PPP cresceu de pouco mais de 50% para cerca de 70% do mesmo indicador para a média da União Europeia. Portugal foi dos primeiros países seleccionados para a fase final da União Económica e Monetária, iniciando a introdução do Euro como moeda a partir de 1 de Janeiro de 1999 (a circulação de notas e moedas iniciou-se em 1 de Janeiro de 2002). A participação no Euro obriga o país ao cumprimento das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, obrigando ao controlo das contas públicas e da inflacção, mas assegurando ao País níveis mínimos históricos de inflação e taxa de juro. Actualmente a estrutura da economia baseia-se nos Serviços de indústria, que representam 67,8% e 28,2% do VAB . Nos últimos anos, Portugal vem enfrentando o problema da estagnação económica com a economia crescendo menos de 2,0% ao ano, abaixo da média da UE. O país é o 43º no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial. Em 2000 o PIB per capita Português era quatro vezes e meia superior ao seu valor em 1960. No mesmo período passou de 41% para 61% da média da UE. A economia cresceu a uma taxa média anual de 4.2%, próximo do verificado na Irlanda (4.8%) ou em Espanha (4.1%) e claramente superior à média dos países que constituem a União Europeia. O PIB per capita, relativamente à média da EU, cresceu mais do que a produtividade, devendo-se ao facto de Portugal empregar mais pessoas, essencialmente justificada pela menor taxa de desemprego e pela participação das mulheres, tendo no entanto um nível mais baixo de produção por pessoa. A eficiência nos negócios, de acordo com o relatório para a competitividade do IMD, é muito baixa, o que reflecte os baixos níveis de produtividade, o mau funcionamento do mercado de trabalho e as más práticas de gestão. As empresas têm fraca capacidade de adaptação às alterações do mercado, não valorizam a formação profissional e têm dificuldade na motivação e retenção de talentos. Em Portugal, a despesa pública corrente passou de 35.1% em 1986 para 45.9% em 2008. Este valor é idêntico ao da media da união a 27, mas os resultados obtidos são muito baixos em termos de eficiência, nomeadamente nas áreas de justiça. A carga salarial da função publica em Portugal atingiu em 2005 os 15% do PIB, tendo baixado para 12.9% em 2008, ficando ainda sensivelmente dois pontos percentuais acima da media da UE a 27. Portugal é o 6º pais da OCDE que afecta maior percentagem anual da sua riqueza à saúde, concretamente 10% do seu produto. Esta tendência, por razoes naturais, tende a agravar-se, face ao envelhecimento da população, podendo até duplicar a meio do presente século. No que respeita à educação, importa salientar que os gastos públicos com educação, Portugal foi considerado em 2003 pela OCDE como um caso sem igual de ineficiência na utilização de recursos no ensino. Em suma, e tendo ainda por base os dados do relatório da competitividade, Portugal, no final dos anos 80 situava-se próximo do quadragésimo lugar, tendo evoluído consideravelmente até ao 27º lugar em 1996, ano que conseguiu a sua melhor classificação de sempre. Entre 85 e 95, verificou-se uma redução de 20% na inflação para os 4.1%. Neste período o PIB per capita teve um crescimento médio anual de 4 pontos percentuais, passando de 55% para 66% relativamente à Europa a 15. No mesmo período a quota de mercado das exportações portuguesas aumentou 45%, tendo ainda a escolaridade obrigatória passado dos 6 para os 9 anos e o número de alunos do ensino superior triplicado. Desde então a economia portuguesa vem perdendo competitividade Desta forma, perante este cenários, são desafios essenciais para Portugal reduzir o peso do Estado na economia, e consequentemente controlar o défice público e o endividamento externo, implementar a reforma da administração pública, em particular da justiça, e melhorar a qualidade dos serviços de saúde e de educação, em que o pais gasta inúmeros recursos e obtém maus resultados, sendo por isso altamente ineficiente.


De dbpedia, licença creative commons CC-BY-SA
w3architect.com | hosting p2pweb.net
afromix.org | afromix.info | mediaport.net | webremix.info