Français | English | Español | Português

União Européia

Segundo ministra australiana, países 'estão divididos' na questão. Austrália, União Europeia e EUA impuseram sanções à Rússia.
g1.globo.com | 21-09-2014
Em 2017, Grã-Bretanha enfrentará o fantasma de outra consulta popular: ‘Brexit’, o plebiscito sobre a saída da União Europeia






No seio da União Europeia convivem movimentos separatistas que ganham alento com o voto dos escoceses e esperam iniciar uma tendência.
www.publico.pt | 18-09-2014
Produto poderia sofrer limitação de acesso a mercados internacionais. União Europeia absorve 37% das exportações do uísque escocês.
g1.globo.com | 17-09-2014

Cessar-fogo dura 12 dias com os separatistas no leste do país. País ratificou nesta terça acordo abrangente com a União Europeia.
g1.globo.com | 17-09-2014
O recrudescimento das aspirações independentistas só é possível porque a União Europeia atingiu o grau de maturidade institucional e política que atingiu.
www.publico.pt | 16-09-2014

União Europeia pretende ajudar com um pacote de 150 milhões de euros. Barack Obama pedirá ao Congresso americano 88 milhões de dólares.
g1.globo.com | 15-09-2014
A Escócia vê na Europa o seu refúgio político e económico. Professa um “nacionalismo europeu” precisamente quando a União Europeia começa a não estar em condições de garantir esse papel.
www.publico.pt | 14-09-2014
Entraram hoje em vigor as sanções económicas aplicadas pela União Europeia à Rússia. Os jornais russos classificam a medida como "guerra de sanções" e acusam o Ocidente de não ceder tréguas ao país. Já na Ucrânia a leitura é outra. O governo de Kiev diz que as medidas vêm sublinhar a solidariedade da União Europeia em relação aos ucranianos e antecedem a assinatura do acordo de associação política e comercial entre a Ucrânia e a União Europeia, o acordo que desencadeou a instabilidade no país.
www.rtp.pt | 12-09-2014
A União Europeia e a Ucrânia concordaram nesta sexta-feira em atrasar um dos pontos principais do acordo de associação entre o país e o bloco econômico.
atarde.uol.com.br | 12-09-2014
Pela 1ª vez, Sberbank, o maior da Rússia em ativos, é alvo de sanções. União Europeia também implementou limitações nesta sexta.
g1.globo.com | 12-09-2014
Parlamento de Kiev vai aprovar na terça-feira acordo de associação com a União Europeia e Porochenko espera “estatuto especial” na NATO.
www.publico.pt | 12-09-2014
O Presidente ucraniano, Petro Porochenko, anunciou hoje que o parlamento vai ratificar na próxima terça-feira, dia 16, o "histórico" acordo de associação assinado com a União Europeia (UE).
feeds.dn.pt | 12-09-2014
Sanções foram publicadas no Diário Oficial da União Europeia. Medidas contra Rússia ocorrem após envolvimento na crise da Ucrânia.
g1.globo.com | 12-09-2014
Derrubada irregular dá lugar ao gado e à soja. Grande parte dos produtos é destinada à exportação para Rússia, China, EUA e União Europeia, revela estudo....
noticias.terra.com.br | 11-09-2014
A União Europeia decidiu suspender o plano de ajuda aos produtores de frutas perecíveis e vegetais. Em causa estão os pedidos de ajuda "desproporcionados".
www.rtp.pt | 11-09-2014
A chanceler alemã, Angela Merkel, cumprimenta o presidente do Conselho da União Europeia, Herman Van Rompuy, na cúpula da Otan. - LEON NEAL / AFP

BRUXELAS — A União Europeia aprovou novas sanções contra a Rússia pelo seu envolvimento na guerra da Ucrânia, nesta segunda-feira, mas adiou a aplicação delas para que haja tempo de avaliar se o cessar-fogo na Ucrânia será mantido.

As sanções, que têm como alvo a capacidade dos maiores produtores de petróleo da Rússia de levantar capital na Europa, entrariam em vigor na terça-feira, mas foram postergadas depois de alguns governantes membros da União Europeia sugerirem que se dê uma chance ao cessar-fogo no Leste da Ucrânia.

Alguns países-membros que se opõem a mais punição a Moscou veem o cessar-fogo, que foi declarado na sexta-feira e permanece intacto nesta segunda-feira, como uma oportunidade para bloquear o novo pacote de sanções da União Europeia e evitar a retaliação da Rússia, disseram alguns diplomatas.

“A entrada em vigor (das novas sanções), através da publicação no Diário Oficial, terá lugar nos próximos dias. Isso dará tempo para avaliar a implementação do acordo de cessar-fogo e do plano de paz”, disse o presidente do Conselho da União Europeia, Herman Van Rompuy, em comunicado.

— Dependendo da situação na região, a União Europeia está disposta a rever as sanções acordadas no todo ou em parte — afirmou, após embaixadores da União Europeia realizarem uma reunião extraordinária para discutir o assunto.

Um diplomata europeu disse que não há clareza sobre quando as novas sanções teriam efeito. O assunto deve ser discutido pelos embaixadores na quarta-feira. Insinuando desunião na União Europeia, o diplomata disse que seria necessário apoio “político” para que as sanções tenham efeito, o que sugere que os embaixadores teriam que levar o problema para um nível mais elevado de seus governos.

A data limite para os governos da União Europeia concordarem com as novas sanções já havia sido adiada.

DIVISÕES

A União Europeia sempre se dividiu em relação às sanções contra a Rússia, com países como a Polônia e os países bálticos, fazendo a linha dura, enquanto os primeiros-ministros da Hungria e Eslováquia foram publicamente hostis às sanções.

Na reunião de segunda-feira dos embaixadores, alguns governantes da União Europeia queriam discutir se as novas sanções devem ser congeladas antes de sua aplicação por causa do cessar-fogo na Ucrânia, ou, em alternativa, caso sejam implementadas as novas sanções, como elas poderiam ser suspensas e quando.

A União Europeia sempre afirmou que suas sanções seriam reversíveis se a Rússia parasse de desestabilizar a Ucrânia. Moscou anexou a região da Crimeia, da Ucrânia, em março e, de acordo com a Otan, a Rússia chegou a enviar milhares de soldados para ajudar os separatistas pró-Rússia na parte leste do país.

Áustria, Finlândia, Suécia, Chipre e Eslováquia estão entre os países que querem dar ao cessar-fogo mais tempo, de acordo com um diplomata da União Europeia.

O cessar-fogo na Ucrânia é parte de um plano de paz destinado a acabar com um conflito de cinco meses que, de acordo com o enviado de direitos humanos da ONU, matou mais de 3.000 pessoas. A trégua foi amplamente mantida nesta segunda-feira, apesar de cada lado ter acusado o outro de bombardeios esporádicos, inclusive em Mariupol, uma cidade de cerca de meio milhão de pessoas.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse aos membros conservadores do parlamento, em uma reunião a portas fechadas realizada nesta segunda-feira, em Berlim, que as sanções eram necessárias apesar do acordo de cessar-fogo, de acordo com participantes.

Merkel disse aos deputados que a Rússia já havia enganado o Ocidente repetidamente com promessas não cumpridas e ressaltou que as tropas russas ainda estão na Ucrânia, disseram as fontes. "A União Europeia deveria agir de forma decisiva agora", teria dito a chanceler.

As propostas de novas sanções da União Europeia colocaram os principais produtores de petróleo da Rússia e os operadores de dutos Rosneft, Transneft e Gazprom Neft em uma lista de empresas estatais russas de que não serão autorizadas a levantar capital ou pedir emprestado nos mercados europeus, disse um diplomata da União Europeia.

GAZPROM EXCLUÍDA

As sanções da União Europeia, no entanto, não incluem o setor de gás e, em particular, a propriedade estatal Gazprom, maior produtora de gás do mundo e maior fornecedora de gás para a Europa.

Em geral, as sanções sobre as empresas russas que lucram na União Europeia serão aplicáveis ​​a empresas que têm faturamento superior a um trilhão de rublos (US$ 26,95 bilhões), metade dos quais é gerada a partir da venda ou transporte de petróleo, disse o diplomata.

Mais 24 pessoas serão adicionadas a uma lista de pessoas proibidas de entrar para o bloco e cujos bens na União Europeia estão congelados.

Os detalhes das novas sanções só serão públicos quando constarem no Diário Oficial da União Europeia.

A lista deve incluir novos líderes separatistas no Leste da Ucrânia, o governo da região da Crimeia, anexada por Moscou, e os decisores russos e oligarcas.

Rússia sinalizou, nesta segunda-feira, que poderia proibir as companhias aéreas ocidentais de voar sobre o seu território como parte de uma resposta “assimétrica” ​​às novas sanções da União Europeia sobre a crise na Ucrânia.

Culpando o Ocidente por prejudicar a economia russa e desencadear sanções “estúpidas”, disse o primeiro-ministro Dmitry Medvedev, Moscou pressionaria com medidas para reduzir a dependência das importações, começando com o aumento da produção de aeronaves nacionais.

oglobo.globo.com | 09-09-2014
Novas sanções à Rússia pelo envolvimento no conflito devem ser anunciadas pela União Europeia até amanhã.
www.bbc.co.uk | 08-09-2014
A União Europeia disse nesta sexta-feira que vai doar 140 milhões de euros (US$ 181 milhões) para apoiar os quatro países da África Ocidental mais atingidos pelo surto de ebola.
atarde.uol.com.br | 05-09-2014
A União Europeia disse que conversas entre o Irã e as seis potências mundiais sobre um acordo nuclear serão retomadas em Nova York no dia 18 de setembro.
atarde.uol.com.br | 04-09-2014
Estados Unidos e União Europeia reforçam apoio à Ucrânia, mas o Presidente ucraniano acredita que será possível decretar um cessar-fogo nesta sexta-feira.
www.publico.pt | 04-09-2014
Nova responsável pela política externa da União Europeia afirma que a parceria estratégica com a Rússia "terminou".
www.publico.pt | 02-09-2014

Javad Zarif participou de reunião com representantes da União Europeia. Restrição de atividades nucleares deve gerar alívio de sanções econômicas
g1.globo.com | 02-09-2014

A União Europeia poderia proibir exportações de gás e limitar o uso industrial como parte de medidas de emergência para proteger a oferta de energia às famílias neste inverno, disse uma fonte à agência inglesa de notícias Reuters, enquanto se prepara para uma possível interrupção no fornecimento de gás da Rússia como resultado da crise da Ucrânia.

O post União Europeia tenta remediar possível corte de gás da Rússia apareceu primeiro em Jornal Correio do Brasil.

correiodobrasil.com.br | 01-09-2014
A União Europeia deu um passo crucial para devolver a iniciativa a um Ocidente anestesiado por uma vaga de apaziguamento politicamente correcto.
www.publico.pt | 01-09-2014
Um dia depois de União Europeia ter estabelecido o prazo de uma semana para “refletir” sobre a imposição de novas sanções económicas à Rússia, o presidente Vladimir Putin volta a subir a parada e fala agora da atribuição de um "estatuto de Estado" ao sudeste da Ucrânia. Aparentemente encorajado pela falta de uma resposta mais firme por parte da Europa e dos Estados Unidos à alegada intervenção militar na Ucrânia, o presidente russo desvaloriza as ameaças do Ocidente, acusando a União Europeia de apoiar um golpe de Estado em Kiev.
www.rtp.pt | 31-08-2014
A União Europeia deu prazo de uma semana para que a Rússia diminua sua intervenção na Ucrânia ou enfrente novas sanções econômicas.
atarde.uol.com.br | 31-08-2014
Líderes da União Europeia nomearam a ministra de Relações Exteriores da Itália, Federica Mogherini, para ser a nova chefe de diplomacia do bloco pelos próximos cinco anos.
atarde.uol.com.br | 30-08-2014
Os líderes da União Europeia escolheram o primeiro-ministro polaco, Donald Tusk para presidir ao Conselho Europeu em substituição do presidente cessante Herman Van Rompuy. A ministra italiana dos Negócios Estrangeiros Federica Mogherini, foi escolhida para suceder a Catherine Ashton na chefia da diplomacia da União Europeia.
www.rtp.pt | 30-08-2014
É a maior queda da União Europeia, quando comparada com os dados do mesmo período do ano passado. Em relação a junho, o desemprego baixou uma décima, de acordo com o Eurostat. Ainda assim, o país continua com uma taxa de desemprego muito acima da média da União Europeia, que está em 10,2.
www.rtp.pt | 29-08-2014
É a maior descida na União Europeia. Mas o país continua a apresentar a quinta taxa mais elevada, apenas atrás da Grécia, Espanha, da Croácia e de Chipre.
expresso.sapo.pt | 29-08-2014
União Europeia também considera adotar novas sanções, diz Merkel. Ban Ki-moon se declara alarmado por avanço dos combates na Ucrânia.
g1.globo.com | 28-08-2014
A alta representante da União Europeia para a Política Externa sustentou que foram dados passos cruciais em Minsk, na Bielorrússia, para alcançar a paz na Ucrânia.
www.rtp.pt | 27-08-2014
A agência espacial europeia (ESA) lança hoje dois novos satélites Galileo, aumentando para seis o número de engenhos, em órbita, do sistema de navegação por satélite da União Europeia.
feeds.dn.pt | 21-08-2014

União Europeia anunciou compensação para alimento retirado do mercado. Rússia proibiu importação de frutas e hortaliças de países do bloco.
g1.globo.com | 18-08-2014
Universidade inglesa abriu candidaturas até 29 de agosto, mas apenas para cidadãos na União Europeia.
feeds.dn.pt | 17-08-2014
Presidência do país ressaltou situação catastrófica no Iraque. União Europeia prepara reunião de chanceleres sobre situação.
g1.globo.com | 13-08-2014
Os estrangeiros residentes em Portugal estão isentos de pagar impostos. Um acordo entre Portugal e toda a União Europeia sobre dupla tributação está a mudar o panorama do imobiliário no Algarve.
www.rtp.pt | 10-08-2014
Reino Unido, França e Alemanha apresentaram recentemente propostas para dar à União Europeia um papel mais decisivo no apoio à segurança em Gaza






A União Europeia (UE) considerou uma "vitória no combate contra a impunidade" a condenação a prisão perpétua de dois antigos líderes dos Khmer Vermelhos no Camboja.
www.rtp.pt | 07-08-2014
Dados sobre o apuramento total nos Estados-membros da União Europeia foram divulgados por Bruxelas.
www.publico.pt | 07-08-2014
Aliança Atlântica diz-se decidida a mostrar que está "a falar muito a sério". Moscovo responde com sanções aos Estados Unidos e à União Europeia.
www.publico.pt | 06-08-2014
Operações da União Europeia seriam restauradas na passagem de Rafah; missão havia sido iniciada em 2005 e terminou após 2 anos 
Medida seria retaliação após empresa aérea russa ter os voos suspensos em razão das sanções impostas pela União Europeia 







Presidente da Rússia disse ter dado ordem para elaborar as medidas. EUA e União Europeia fazem pressão por causa da crise na Ucrânia.
g1.globo.com | 05-08-2014
Material tóxico e cancerígeno está proibido em toda a União Europeia desde 2005.
expresso.sapo.pt | 01-08-2014
A União Europeia anunciou nesta quinta-feira uma lista com o nome de cinco bancos da Rússia que sofrerão sanções do bloco.
atarde.uol.com.br | 31-07-2014
A taxa de desemprego em Portugal registou em junho a maior descida homóloga na União Europeia.
expresso.sapo.pt | 31-07-2014
As novas sanções anunciadas pela União Europeia contra a Rússia atingiram um grupo de contatos próximos ao presidente Vladimir Putin pela primeira vez.
atarde.uol.com.br | 31-07-2014
Moscou afirmou que Europa está criando barreiras para cooperação. União Europeia anunciou novas sanções nesta semana.
g1.globo.com | 30-07-2014
w3architect.com | hosting p2pweb.net
afromix.org | afromix.info | mediaport.net | webremix.info